quarta-feira, 28 de março de 2012

Polícia Civil de Chapecó cumpre mandado de Prisão

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal de Chapecó (D.I.C.), após diversas diligências logrou êxito na prisão de Adriano Marcio Kovacic, ( 28 anos de idade), no Centro de Chapecó, o qual possuia Mandado de Prisão em seu desfavor, expedido pelo Poder Judiciário de Chapecó. Adriano Marcio Kovacic, conhecido como “Adriano da Agência” já havia sido preso em Flagrante no mês de março do ano de 2008, quando após uma denúncia, Policiais monitoraram o mesmo e constataram que o mesmo havia apanhado uma adolescente, e a transportado até um motel de Chapecó, sendo apurado que o mesmo era o proprietário da agência "Privê Acompanhantes" no momento da Prisão. Adriano Marcio Kovacic foi preso novamente no mês de julho do ano passado, quando do cumprimento de Mandado de Busca e Apreensão pela D.I.C., na cidade de Chapecó, quando foram apreendidos no apartamento do Investigado, situado na Rua Porto Alegre, centro da cidade, diversos objetos ligados a pratica de rufianismo, que é a obtenção de proveito (lucro) com a prostituição de outrem. Os objetos que estavam em poder de Adriano Kovacic, demonstravam que ele era o responsável pela Agência Privê Super, uma agência de acompanhantes para programas sexuais, e que já haviam outras bases na cidade de Concórdia, Lages, contanto também com sites de divulgação na internet, entre outras. Dentre os objetos apreendidos na oportunidade estavam Notbook contendo fotos de ensaios sensuais de femininas; três telefones celulares, planilhas de controles da parte contábil da agência; agendas contendo nomes e telefones, tanto de clientes quanto das femininas; Cds com fotos; oito fardos de panfletos para propaganda da agência Privê Super contendo nomes e fotos de mulheres, entre outros objetos. Adriano Marcio Kovacic foi preso, encaminhado à Central de Polícia para as providências de praxe, e posteriormente ao Presídio Regional de Chapecó, onde ficará a disposição da Justiça. As Investigações continuam. DIC Chapecó

Nenhum comentário:

Postar um comentário