quarta-feira, 14 de março de 2012

Cão Apolo encontra drogas em residência na cidade de Coronel Freitas

Apolo - labrador treinado para encontrar drogas A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia da Comarca de Coronel Freitas, com o apoio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, do Canil de São Lourenço do Oeste e da Polícia Militar, deu cumprimento ao Mandado de Busca e Apreensão na residência de Jacir Padilha e Angelina Dias Siqueira, na manhã de hoje (13), em Coronel Freitas. No local foram encontrados: uma munição .38, um colete balístico, instrumentos utilizados para remarcação de chassis de veículos, certa quantidade de maconha, um motoneta Yin Yang, uma motocicleta sem placas, um veiculo Gol branco e vários documentos de veículos. As investigações iniciais objetivavam o combate ao tráfico de drogas no local, já que algumas denúncias anônimas feitas para os Policiais envolviam os suspeitos. O cão labrador, utilizado pelo Canil de São Lourenço do Oeste, localizou a droga na residência. Ainda, foram autuados em flagrante, pelos crimes de tráfico, associação para o tráfico, formação de quadrilha, adulteração de sinal identificador de veículo e posse irregular de arma de fogo de uso permitido: Jacir Padilha, Ricardo Chael Jurkoski, Valdecir Padilha e Edipo Pereira Putzer. Todos foram encaminhados para o Presídio de Chapecó. Cão localizou a droga O canil da 28 DRP vem desempenhando diversas atividades em todo o Estado de Santa Catarina, na manhã de hoje durante operação policial de cumprimento de mandado de busca e apreensão na cidade de Coronel Freitas o cão de faro de narcóticos Apolo localizou uma porção de maconha ocultada em um muro de pedras pertencente aquela residência em meio a muita sujeira as margens de um rio naquela cidade. Após exaustivas buscas na residência os criminosos mostravam-se confiantes que nada seria encontrado. Ao iniciar as buscas na área externa os meliantes observavam descrentes a ação do cão. Após a localização do entorpecente pareciam não acreditar no que havia acontecido, pois se empenharam tanto em esconder a substância entre as pedras do muro. Essa ação demonstra a efetividade dos serviços desses animais nas ações das polícias frente a criminalidade crescente que assola a sociedade. Fonte: Slow Video Foto : Neilan Aurélio Canabarro

Nenhum comentário:

Postar um comentário