quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Professor de escola municipal é preso suspeito de estuprar alunas no Oeste

Polícia Civil cumpriu na quarta-feira o mandado de prisão temporária

Um professor da rede municipal de ensino de Paraíso, no Oeste de Santa Catarina, foi preso suspeito de estuprar alunas da cidade. A Polícia Civil cumpriu na quarta-feira o mandado de prisão temporária contra o homem de 45 anos.

Segundo a investigação da polícia do município, o professor pedia beijos e passava a mão no corpo das meninas entre 10 e 11 anos. Ele ameaçava baixar as notas das crianças para elas aceitarem os abusos, que a lei caracteriza como estupro de vulnerável.

Os primeiros casos começaram em março de 2010. Porém, nos últimos meses os abusos ficaram mais frequentes. Por isso, as meninas decidiram, na quinta-feira da semana passada, relatar à direção da escola. Após essa denúncia, a direção entrou em contato com o Conselho Tutelar.

Na terça-feira, a Polícia Civil foi informada dos abusos e instaurou um inquérito para apurar o caso. Também pediu um mandado de prisão temporária, cumprido na quarta-feira na escola onde o professor lecionava.

Em depoimento à polícia, as meninas informaram que, após a denúncia à direção da escola até a prisão do suspeito, passaram a ser ameaçadas pelo professor. Ele teria desconfiado da delação e disse que se vingaria se elas tivesse contato para alguém sobre os abusos.
DIÁRIO CATARINENSE

Nenhum comentário:

Postar um comentário