quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Polícia estoura bancas do jogo do bicho em Joaçaba


Um farto material utilizado na contravenção foi apreendido



A Polícia Civil, através das delegacias que fazem parte da regional de Joaçaba, deflagrou uma operação para combater o jogo do bicho. Os trabalhos foram desenvolvidos em Joaçaba, Herval d´Oeste e Luzerna.


Durante a tarde desta quarta-feira, 14, os policiais estiveram em seis locais onde havia a informação de que as apostas eram feitas, três bancas foram estouradas, todas funcionavam no centro de Joaçaba. No total 10 pessoas foram conduzidas a delegacia de polícia, 6 apontadores, aquelas pessoas que fazem os jogos nas ruas, e 4 responsáveis pelos pontos, conhecidos como banqueiros.



Um farto material foi apreendido, entre os itens, blocos para anotações do jogo, material explicativo sobre a prática, calculadoras, uma máquina para fazer a aposta de forma on-line, e R$ 1.100 em dinheiro.



Todas as pessoas envolvidas foram levadas para a delegacia e depois liberadas. A lei trata o jogo do bicho como uma contravenção penal, neste caso os envolvidos respondem a um Termo Circunstanciado ( TC). O procedimento é encaminhado ao Ministério Público, que determina que tipo de transação penal será feita, geralmente a penalidade é o pagamento de cestas básicas. Caso o crime volte a ser cometido pela mesma pessoa num prazo menor que cinco anos é feito um processo onde o reincidente pode ser condenado.

O delegado Bruno Boaventura disse que novas ações deverão acontecer, o objetivo é que a fiscalização aos jogos de azar se torne mais freqüente.


“O objetivo é acabar com esta prática criminosa e ilegal que não trás nenhum benefício para a comunidade” assinalou o delegado.

Fonte desta Informação: ÉderLuiz.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário