domingo, 13 de novembro de 2011

Polícia prende integrante de grupo que vendia explosivos para assaltantes em Santa Catarina


Material era usado para explodir caixas eletrônicos



Juliano Grimes, 27 anos, foi preso na tarde deste sábado em Itajaí, no Vale. Grimes era investigado pela Operação Rastro, que tem o objetivo de desarticular quadrilhas que atuam na prática de crimes fazendo uso de explosivos. A prisão envolveu policiais militares e civis que formaram uma força-tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

De acordo com as investigações, Grimes faz parte da quadrilha que abastecia com explosivos assaltantes de caixas eletrônicos em Santa Catarina. Ele seria responsável pelas negociações.

No dia 30 de outubro, a mesma Operação já havia prendido cinco pessoas em São Bento do Sul, no Norte de Santa Catarina: Francisco Franco, o Chiquito, 31 anos e Anésio Pereira Machado, 53 anos, de São Bento, e Diogo Sagaz, o Doido, 22 anos, Geovane da Silva, 22 anos e Ariane Zin da Silva, 23 anos, de Itajaí.

Nove quilos de dinamite foram apreendidos com a quadrilha, o suficiente para explodir 20 caixas eletrônicos. Só na revenda dessa carga, o bando lucraria R$ 8 mil. O explosivo é controlado pelo Exército.

Fonte: DIC
TEXTO DC

Nenhum comentário:

Postar um comentário