sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Ex-vereador Valdir Detofol é condenado pela tentativa de homicídio contra Dino Dall'Rosa

Em júri popular realizado nesta quinta-feira, o ex-vereador de Chapecó, Valdir Detofol – que teve mandato eletivo entre 1997 e 2000 –, foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão, inicialmente em regime fechado, por tentativa de homicídio duplamente qualificado contra o então vereador Delvino Dall'Rosa, atual secretário de Saneamento de Chapecó.

Conforme a promotoria, Detofol seria o mandante do crime. O autor da tentativa, Luiz Wolf, foi condenado à mesma pena que Detofol, enquanto Valdecir Eggert, apontado como co-autor, responde pelo crime de lesão corporal grave. O advogado de Detofol, o vereador Luiz Agne, já recorreu da decisão pedindo a anulação do júri. Enquanto isso, Detofol aguarda a decisão em liberdade.

O crime ocorreu na noite de 25 de março de 2004, em linha Alto da Serra, interior de Chapecó, local onde foi realizada uma reunião política. Dall'Rosa levou três tiros na saída do encontro – dois na cabeça e um no braço –, e ficou hospitalizado por vários dias. Detofol foi o primeiro a socorrer o vereador e providenciar um carro para fazer o transporte da vítima até o Hospital Regional do Oeste.

Entretanto, posteriormente, as investigações apontaram Detofol, que na época do crime era primeiro suplente de vereador, como mandante do crime, supostamente para ficar com a vaga de Dall'Rosa na Câmara. Ambos eram filiados ao PMDB.

Detofol foi preso cerca de uma semana após o crime e ficou detido durante cinco meses. Em 2008, concorreu, sem sucesso, a vereador pelo PP. Atualmente, segundo Agne, está sem filiação partidária.

Fonte de busca desta informação: Bruno Pace Dori www.clubedosblogueiros.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário