sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Falta de documento causa atraso no translado do jovem caminhoneiro

Anderson morreu após uma colisão frontal com um ônibus, na estrada do Piauí
O corpo do jovem caminhoneiro xanxerense, Anderson Bruno Narciso, de 21 anos, que morreu em um trágico acidente no Piauí, sairia do aeroporto da capital do Estado na tarde desta sexta-feira (16), porém a falta da certidão de óbito impediu o embarque. Assim, os responsáveis precisaram retornar, 500 quilômetros do local onde aconteceu o acidente e foi feito a perícia no IML, para buscar o documento.

De acordo com informações da funerária Central do Luto, responsável pelo velório, o voo com destino a Chapecó sairá somente à 1 hora da madrugada de sábado (17). A previsão é que o corpo de Anderson chegue a Xanxerê somente na manhã de sábado, para ser velado e, mais tarde, sepultado.


Por: Leticia Faria
Fotos: Divulgação
TUDO SOBRE XANXERE

Nenhum comentário:

Postar um comentário