sexta-feira, 2 de setembro de 2011

DIC - Chapecó Prende Traficantes Foragidos do Litoral e Oeste




Na noite desta quinta-feira (1º), a equipe da Divisão de Investigação Criminal de Chapecó (DIC), com apoio das equipes de Investigação das 2ª e 3ª DPCO de Chapecó, efetuou a prisão de dois indivíduos envolvidos com tráfico de drogas. Ambos são foragidos do Sistema Penal. A ação ocorreu no bairro Presidente Médici, onde foi efetuada a apreensão de aproximadamente 20g de “Crack”.

O CASO

A equipe da DIC recebeu informações acerca de um indivíduo que estaria traficando “Crack” em Chapecó, o qual seria integrante do PGC – Primeiro Grupo Catarinense, e estaria foragido do sistema penal utilizando documentação falsa e um veículo com suspeitas de clonagem.
Após diligências, a equipe efetuou o monitoramento do indivíduo durante todo o dia de hoje e, no momento em que o suspeito iria efetuar uma venda de entorpecentes ocorreu a abordagem. O indivíduo estava em um veículo VW-Gol, de cor prata, na companhia de uma mulher. Trata-se de João Basílias de Campos (32 anos) e Rúbia Vieira (30 anos), traficantes com diversos antecedentes policiais e procurados pela Justiça de Santa Catarina. Basílias possui uma extensa ficha criminal, freqüentando presídios em quase todas as regiões do Estado desde o ano de 1998. Na ação o comprador da droga também foi detido.
Na Delegacia “Basílias” apresentou uma CNH em nome de um indivíduo do Rio Grande do Sul, mas o documento é visivelmente adulterado. Além disso, as características do indivíduo do estado vizinho em nada coincidiram com as do preso. Basílias é foragido da Penitenciária de São Pedro de Alcântara, a cadeia pública com o maior sistema de segurança do Estado.


O RESULTADO

Rúbia foi autuada em flagrante delito por Tráfico Ilícito de Entorpecentes. Já Basílias foi autuado por Tráfico Ilícito de Entorpecente e Falsidade Ideológica. Em seguida ambos foram conduzidos ao Presídio Regional de Chapecó onde vão aguardar julgamento pela Justiça da Comarca de Chapecó. O veículo apreendido será periciado por aparentar sinais de adulteração.

Fonte: DIC Chapecó

Nenhum comentário:

Postar um comentário