terça-feira, 30 de agosto de 2011

Temporal deixa estragos no Oeste



O temporal com granizo e ventos fortes da madrugada deixaram rastros de destruição em cidades da região Oeste. Os municípios de Irati e Formosa do Sul foram as cidades mais atingidas.Equipes do Corpo de Bombeiros de Chapecó foram mobilizadas para prestar socorro às famílias que foram atingidas.

No município de Irati quase 100% das casas na área urbana foram danificadas. Segundo a agente administrativa, Aline Rossetto, a cidade de dois mil habitantes, está sem internet, telefonia móvel e em alguns pontos sem energia elétrica.

- As pedras de granizo eram tão grandes que até guardamos algumas no freezer. Tem umas de 300 gramas – disse.

As famílias atingidas estão alojadas no salão comunitário. A Defesa Civil distribuiu lonas para a cobertura das casas.

As estradas de acesso ao interior também foram prejudicadas. Mas ainda não há informações de quantas residências foram atingidas na área rural.

Na cidade vizinha de Formosa do Su, aproximadamente 90% das residências da área urbana foram danificadas. No decorrer desta terça-feira uma equipe do Corpo de Bombeiros de Chapecó permanece prestando auxílio aos dois municípios. Bombeiros de Xanxerê também prestam apoio nas ocorrências em Irati, Formosa do Sul e São Domingos.

Os municípios decretaram situação de emergência. Mas a Defesa Civil do estado ainda não recebeu os decretos.

Chapecó


Na cidade foram atendidas ocorrências de queda de árvores na região do Distrito Marechal Bormann e Serrinha. Houve queda de granizo com algumas residências danificadas na Linha Campina do Gregório, alagamento de residências no Distrito do Bormann e Passo dos Fortes, registrado também destelhamentos no bairro Cristo Rei.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, os trabalhos de auxílio à comunidade continuam ainda no decorrer desta terça.

No bairro Seminário, Francisco Manfrina Jr., 29 anos, foi vítima de uma descarga elétrica causada por um raio. Ele estava consciente e orientado durante o atendimento. A equipe de socorro do Corpo de Bombeiros de Chapecó encaminhou o homem para o Hospital Regional do Oeste. Francisco está bem e passa por mais uma avaliação nesta terça-feira e deve ser liberado.

Chuva

De acordo com o observador metereológico da Epagri, Francisco Schervisnki, choveu nesta madrugada 58 mm, o equivalente a 15 dias. A média de chuva para o mês de agosto em Chapecó é de 140 mm, até esta terça-feira já foram registrados 264 mm. O vento chegou a 80 Km/h às 4h50min.

Aeroporto

O Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso operou normalmente.

Fonte e Texto Juliano Zanotelli
Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário