terça-feira, 9 de agosto de 2011

Protestos indígenas bloqueiam rodovias



Manifestantes apontam problemas nas áreas da saúde e habitação



No Km 2 da BR 386, município de Iraí, a pista continuava interrompida no início da noite de ontem


Índios bloquearam trechos de rodovias no Estado ontem para reivindicar melhores condições de saúde. Em Iraí, no Médio Uruguai, dezenas de caingangues utilizaram troncos de árvores e pedras para interditar a BR 386, no km 2. A manifestação iniciou-se às 10h. O trânsito ficou interrompido durante o dia. Longas filas de caminhões se formaram na rodovia em Iraí e no município de Palmitos (SC).

Os caminhões ficaram estacionados nas margens da BR e nos postos de combustível. Já os ônibus aguardavam na estação rodoviária de Iraí e de Frederico Westphalen. Às 16h15min, os índios liberaram a pista, mas 40 minutos depois a rodovia foi novamente obstruída e seguia assim até o início da noite. No período de liberação, apenas 25% dos cerca de 500 caminhões conseguiram passar. O cacique da Reserva Indígena de Iraí Jadir Jacinto disse que a mobilização visou sensibilizar as autoridades da saúde. "Temos problemas na saúde, na habitação, no saneamento e as coisas não se resolvem", afirmou.


Caingangues também bloquearam a BR 386 no Km 360, em Estrela, próximo ao trevo de acesso a Bom Retiro do Sul. A interrupção iniciou-se às 11h. Conforme o cacique Valdomiro Vergueiro, participavam indígenas de Lajeado, Estrela, Farroupilha, São Leopoldo e Porto Alegre. Na rodovia, formaram-se extensas filas de veículos. O trânsito foi controlado pela Polícia Rodoviária Federal e muitos motoristas usaram o desvio por Teutônia. Segundo Vergueiro, o grupo pretendia manter o bloqueio até esta terça-feira, caso não houvesse abertura de negociações por parte do Ministério da Saúde.


No Alto Uruguai, às 8h de ontem, integrantes da Reserva do Votouro fecharam o trânsito no Km 32 da RSC 480, no entroncamento com a ERS 487, a 4 quilômetros do centro de São Valentim. Na ERS 324, no km 34, em Planalto, índios da Reserva de Bananeira trancaram a estrada. Outro bloqueio ocorreu no km 91 da ERS 324, em Ronda alta. A liberação na RSC 480 ocorria a cada três horas. Os índios usaram um trator para impedir a passagem de veículos no local. Conforme o Grupo Rodoviário de Nonoai da Brigada Militar, os manifestantes comunicaram que só iriam liberar as vias à meia-noite e recomeçariam os bloqueios na manhã desta terça-feira.

Fonte: Correio do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário