quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Pedido de arquivamento do "Caso Andressa" chega ao gabinete do juiz em Joaçaba


Magistrado pode arquivar o caso ou solicitar que os fatos sejam apurados de novo




Nesta quarta-feira chegou à mesa do juiz Ademir Wolff, titular da Vara Criminal em Joaçaba, no Meio-Oeste de Santa Catarina, o pedido de arquivamento do Caso Andressa. A decisão foi anunciada na sexta-feira passada.

A solicitação para o arquivamento do caso é do Ministério Público (MPSC), que, após um ano de investigações da Polícia Civil, não encontrou subsídios para denunciar ninguém.

O juiz pode acatar a recomendação do MPSC ou dar outro encaminhamento, como solicitar que os fatos sejam apurados novamente.

Relembre o caso Andressa:

Andressa Holz, na época com 12 anos, desapareceu no dia 17 de junho de 2010 enquanto voltava da catequese para sua casa, na comunidade de Linha Leãozinho, em Luzerna, no Meio-Oeste. Três meses e 14 dias depois, o corpo da estudante foi encontrado pelo pai e dois vizinhos em um buraco entre as raízes de uma árvore, a cerca de dois quilômetros de onde morava.

DC

Nenhum comentário:

Postar um comentário