sábado, 2 de julho de 2011

POLÍCIA RODOVIÁRIA ALERTA

PMRV realiza limpeza ao longo das rodovias


A Polícia Militar Rodoviária, preocupada com a recuperação da trafegabilidade da rodovia e o bem estar dos que nela trafegam, desenvolveu trabalho de limpeza das canaletas e locais onde o volume d’água foi muito intenso, obstruindo os dutos e conseqüentemente a água acabou por invadir a pista, devido as fortes chuvas que nos últimos dias atingiram nossa região.


As fortes chuvas acabaram deixando vários pontos das rodovias em situação de perigo para quem nela trafegasse, em virtude disso, nossos policias acabaram fazendo além da fiscalização de transito, a limpeza destes locais.

Aos motoristas, muito cuidado, principalmente no período de chuvas, quando transitarem por rodovias, principalmente onde há trechos com possibilidade de alagamento de pista.

A Polícia Militar Rodoviária ainda orienta:

1) Se em dia de chuva torrencial o que o condutor for fazer na rua puder ser adiado, adie. Não saia. As vias em dias de chuva devem ser usadas apenas por aqueles que não podem faltar ao trabalho ou a outras atividades inadiáveis.

2) Ao entrar no carro, se o vidro já estiver embaçado, ligue o ar quente. Não use as mãos para desembaçar os vidros, pois nossa gordura natural tornará a visão mais turva. Ligue o esguichador de água do limpador de pára-brisas para retirar a poeira do dia anterior. Acione o limpador na velocidade compatível com o nível de chuva.

3) Se os vidros estiverem desembaçados: mantenha uma fresta nos vidros e o ventilador ligado se seu carro não tem ar condicionado. Se tiver ar condicionado, ligue e deixe em temperatura fria (22 graus ou menos), pois se ligar o ar quente, embaçará.

4) Acenda o farol em luz baixa para servir de alerta aos pedestres e aos outros condutores.

5) Nunca acenda o pisca - alerta com o veículo em movimento, seja na chuva ou em túneis ou em qualquer lugar. Só veículo estacionado em emergência pode ligar o pisca - alerta.

6) Diminua a velocidade que você está acostumado a usar e diminua mais ainda quando passar em áreas alagadas para não molhar os pedestres.

7) Mantenha a distância de um carro em relação ao veículo da frente para ter espaço para frear.

8) Não freie bruscamente. Com piso molhado, o freio brusco serve de aceleração e o veículo aumenta a velocidade em vez de parar, pelo efeito de aquaplanagem (deslizamento sobre a água).

9) Escolha uma faixa para trafegar e só saia dela no destino, a não ser que encontre algum obstáculo. O zigue-zague nas ruas é responsável por milhares de acidentes.

10) Motociclistas e ciclistas devem se lembrar que todos os veículos devem obedecer às mesmas leis de trânsito: não ultrapasse entre os outros veículos e só faça conversão pela esquerda. O fato de trafegar em duas rodas não dá direitos especiais.

11) Se vir um alagamento à sua frente e puder sair daquela rua e desviar do alagamento, não titubeie: desvie. Use trajetos mais longos e que você saiba que não estão alagados. Economia de combustível nestas horas pode gerar prejuízos enormes.

12) As condições climáticas não mudarão porque você está numa retenção devido a alagamentos. Engate a primeira mantenha a aceleração estável e preste muita atenção ao ambiente em volta. Calma! Muita calma nesta hora.


Fonte: JUAREZ SEGALIN
Maj PM Comandante da 7ª Companhia de Polícia Militar Rodoviária

Nenhum comentário:

Postar um comentário