sexta-feira, 22 de julho de 2011

Bezerro nasce com o coração no pescoço em Chapecó

Segundo o médico, o caso se trata de uma anomalia rara



Um bezerro que nasceu com o coração no pescoço tem chamado a atenção em Chapecó. O terneiro, que já foi batizado de "Coração", nasceu na propriedade de Idalécio Barp, no distrito de Marechal Bormann.

— Já quando ele nasceu vi que não era normal — lembrou Barp, ao notar que algo pulsava no pescoço do terneiro. A confirmação de que se tratava do coração deslocado foi confirmada por técnicos da Epagri e também da secretaria de Agricultura da Prefeitura de Chapecó.

O médico veterinário Clóvis Nunes, que trabalha na Prefeitura, disse que o caso se trata de uma anomalia rara.

— É uma má formação que ocorre nas primeiras semanas de gestação- explicou. Ele disse que só viu algo parecido há cerca de 30 anos, em Bagé (RS).

Nunes disse que o animal pode se desenvolver de forma praticamente normal, mas corre um risco maior de acidente pois o órgão vital não está protegido como deveria.

— Há o risco de levar uma pancada mas sua funcionalidade é normal-explicou.

O agricultor disse que houve gente que até solicitou o animal para pesquisa mas ele quer criá-lo.

— Vou ficar com ele- declarou. O terneiro tem um mês de vida e é resultado de um cruzamento das raças Gir com Holandês.

Barp trabalha há 18 anos com com leite mas nunca tinha visto nada igual. Ele tem 14 vacas e 12 terneiros e produz 1,3 mil litros por mês.

Fonte: Diário Catarinense
Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário